O batalhão de trás; a esquerda, o soldado Roberto, da PRE-SC, que nos acompanhou

Caminho Sagrado Deixe um Comentário

Deixe uma resposta